Translate

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Doce Mentira

Lembro-me daquele sorriso. Daquelas palavras.
Ah! Aquelas palavras... 
Todas aquelas doces palavras que me faziam voar além das nuvens.
E de repente, você perdeu as palavras, você não sabia mais, não queria mais...
Mesmo sem conseguir, você sorria, mas o seu sorriso não era mais doce.
Possuía uma gosto amargo e não conseguia engolir... Porque você está mentindo pra mim?
Quero voltar!
Voltar para os dias em que essa dor não existia em mim.
Quero rever tudo aquilo.
Perceber que tudo era uma mentira!
Agora que tudo acabou, eu só quero o seu abraço, mesmo que me fure com os espinhos que há em seu coração.
Agora quero ser feliz com aquelas doces mentiras.
Quero aquele por do sol que trazia o brilho dos meus olhos.
Quero a mentira que me matou!
Eu preciso que você diga novamente que me ama, que esse amor nunca vai acabar.
Cada gota de lágrima que cai do meu rosto, é um segundo de um filme interminável que passa na minha mente. E por que não posso pausar?
Por que não posso?
Quero morrer!
Não aguento mais essa dor!
Então volte! Encontre  aquelas doces mentiras e me diga novamente a mais bela de todas elas.
Não diga adeus, porque eu não posso suportar.
Meus sentimentos ainda estão vivos!
Eu estou bem, mas eu sei que isso é uma mentira!
Eu te amo!