Translate

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Lágrimas e Reticências


Toda essa realidade que eu vejo
E tudo o que eu penso à respeito
É tão distante do meu desejo
Que me faz sentir um ódio crescer dentro do peito

Quanta ironia há em suas palavras
Que diz que o vento leva,
Mas a saudade vem e trás

Iludida, acha que é livre
E em sua amada liberdade
Não consegue encontrar a própria paz

Linda menina, não me impeça de sonhar
Tudo o que eu disse, foi pensando em você
Linda menina, por favor, não chore
Eu estou aqui e não vou te esquecer

Toda sua vida se baseia em duas coisas:
Lágrimas e Reticências
Lágrimas que se tornam gélidas com a chegada de brisas
Reticências que na vida, se tornam essências

Mas, por favor, Linda menina, não chore
Tudo o que eu fiz, foi pensando em você
Linda menina, não me impeça de sonhar
Eu estou aqui, e nunca vou te esquecer