Translate

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Dor

- Oi, sei que você não me conhece muito bem, provavelmente já ouviu falar de mim. Meu nome é Dor, eu costumo aparecer apenas para as pessoas mais ingratas desse mundo. Confesso que às vezes sou injusta e faço sofrer quem não tem culpa. Mas fazer o quê? Errar é Humano. E quanto mais os humanos erram, mais eu me alimento do sofrimento das pessoas. A culpa não é minha se as pessoas erram e fazem outras pessoas. Infelizmente estou aqui agora e você está me conhecendo, Sinal de que você sofrerá... Não, não chore, minha linda criança. E por favor, não me culpe pelo que está passando. Culpe às pessoas que te fizeram sofrer e me sentir. Mas jamais queira sentir uma velha conhecida minha chamada Vingança. Ela arruina toda a sua vida a troco de nada. Você acaba sozinha. Não pretendo ficar por muito tempo, mas se eu ficar. Me perdoe?



sexta-feira, 12 de abril de 2013

Camuflagem



Quantas vezes você disse “Eu te amo”
E eu acreditei que era verdadeiro
Enquanto eu era o seu passatempo,
Você era o meu mundo inteiro.

Agora tento me enganar,
Dizendo pra mim mesma que te esqueci.
Chorando por dentro,
E por fora, morrendo de rir.

Eu vou à procura de um novo rumo.
Camuflando meu sentimento
Lembrar do passado é perca de tempo,
E de você é um tormento.

Não tenha pena de mim,
Pois eu não tenho de você.
Apenas seja feliz.
Como eu também vou ser.

Seguirei com minha vida
Sempre olhando pro meu futuro,
Sem acreditar em falsas promessas
E esquecendo meu passado obscuro.

De você quero apenas a distância
E a pouca lembrança.